top of page
Buscar
  • Márcia Doring

Otimizando componentes no Modelo BIM


Na figura deste post mostro o mesmo Filtro, que é usado em projetos de Manuseio, modelado de duas formas diferentes. Qual a diferença das fotos da primeira para a segunda linha?


Visualmente o da primeira linha tem menos detalhes, suas formas são mais simples. Eu desenvolvi esse teste de modelagem de forma bem rápida, exatamente para avaliar as possibilidades mais simples daquelas que tenho acompanhado sendo inserida nos modelos. Mas quando falamos em BIM, falamos em informação então nas duas apresentações podemos ter o mesmo conjunto delas.


Na primeira linha eu modelei o filtro como um componente do REVIT (família), parametrizado, então tenho controle das Dimensões e Material no momento da elaboração do modelo como se estivesse inserindo uma porta ou uma janela, sem precisar de um fluxo de importação e exportação entre ferramentas mais complexo.


Podemos considerar como LOD deste componente de acordo com suas características geométrica algo próximo de 300, mas em relação a informações o céu é o limite. Podemos usar num Projeto Conceitual ou Básico.


Na segunda linha, o modelo foi elaborado em Solidworks, essa ferramenta é ótima, mas seu objetivo é bem mais específico. Numa etapa de Projeto Executivo o fabricante deve disponibilizar para a projetista o componente num detalhamento superior, e a projetista usará apenas se houver um Uso BIM do modelo que exija esse detalhamento.


Devemos lembrar que quanto mais detalhes, maior o arquivo e haja hardware para dar conta de tudo, principalmente quando estamos tratando de projeto de Infraestrutura.


PS: Vocês repararam que eu escrevi "EU MODELEI"? 🥰


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

댓글


bottom of page